Depois dos ensaios, piscina passa por reparos

14/07/2017

 

Os ensaios que certificarão se a piscina pode ser reformada já foram realizados pela empresa Falcão Bauer, que fez diversos furos na laje de fundo e nas paredes para extrair corpos de prova para medir a resistência do concreto e determinar o teor de cloretos. Também houve ensaios de resistência à tração e alongamento no aço.
O projeto de reforma foi aprovado pela Prefeitura de Santos em 2015 e a intenção é aproveitar as paredes da piscina, por isso os ensaios foram necessários, para saber se a estrutura está condenada ou se alguma parte pode ser reaproveitada na reforma.
A piscina tem mais de 70 anos e o procedimento garantirá a segurança do associado. Todos os acessos ao local estão fechados e é preciso redobrar a atenção, principalmente com crianças, já que a piscina está vazia. A previsão é de interdição por um a dois meses.
 
MANUTENÇÃO
A equipe de manutenção do TCS aproveita o esvaziamento da piscina para realizar alguns reparos, como troca e lavagem de azulejos e rejuntes, troca de ralos de fundo, incluindo a tubulação para aspiração da piscina.

 

Boletim Informativo




Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
Dom