Clube

 

O Tennis Club de Santos foi fundado a 2 de junho de 1926, às 21 horas, em uma das salas do Parque Balneário Hotel. A finalidade era fundar uma associação desportiva destinada a proporcionar a seus associados a prática do law-tennis, sem exclusão da de outros esportes, além de promover “vesperaes dançantes e festas beneficentes”. O primeiro presidente foi Amilcar Mendes Gonçalves (1926-29).
A princípio, o Parque Balneário cedeu o uso de duas quadras instaladas em seus jardins. O clube reformaria as quadras e cuidaria da manutenção e os hóspedes do hotel poderiam utilizá-las em um horário determinado.
Em 1928, a Cia. City of Santos Improviments Company Limited ofereceu ao clube a ocupação gratuita de uma área de 4.360 metros quadrados na Av. Vicente de Carvalho, que dava para um prolongamento da Rua Dr. Galeão Carvalhal. O clube deveria construir suas instalações no local e, depois de 5 anos, poderia comprar o terreno. No dia 6 de abril de 1930, o TCS inaugurou sua sede.
Em 1933, o clube adquiriu o terreno da Rua Minas Gerais, 37, onde funciona até hoje. Para a construção da sede, muitas cobras foram mortas durante a limpeza do matagal que havia no terreno. Foram construídas duas quadras cobertas de cimento armado, nunca vistas na América Latina.
Foi uma iniciativa grandiosa do TCS a construção da primeira piscina em Santos, em 1936. Por muito tempo, o local recebia atletas que treinavam para Jogos Abertos do Interior e outras competições. A piscina tinha uma torre de saltos que obedecia a todas as recomendações internacionais.
O TCS também foi pioneiro na criação dos campeonatos abertos de tênis na América do Sul, em 1930: o Campeonato Aberto da Cidade de Santos, que contribuiu para impulsionar o esporte na Cidade e reunir os atletas mais badalados do País.
 
VADICO
Não dá para falar do TCS sem lembrar de Waldemar Rodrigues de Souza, o Vadico, que dedicou sua vida ao tênis e ao clube. Ele nasceu no Morro Nova Cintra e, aos 10 anos, era pegador de bolas no clube, em 1930. Aos poucos, foi observando os sócios, aprendendo as regras e jogando escondido com raquetes improvisadas nos intervalos do trabalho. Aos 21 anos foi integrado à equipe de competição do TCS. Santos teve 23 conquistas consecutivas nos Jogos Abertos do Interior e Vadico participou de 16 delas, como jogador e técnico, transformando-se numa lenda do esporte. Também foi campeão paulista, brasileiro e sul-americano, sempre defendendo o TCS. Vadico teve Alzheimer e morreu no dia 5 de maio de 2008.
 

HOJE

O Tênis Clube de Santos ocupa uma área de 13.646 metros quadrados. Possui oito quadras, sendo duas cobertas, além de lanchonete, restaurante, ginásio de esportes, duas academias, salão social para festas com capacidade para 300 pessoas, salão superior para festas com capacidade para 100 pessoas, grill para churrascos e festas com capacidade para 100 pessoas, terraço para festas com capacidade para 60 pessoas, piscina adulto e infantil, brinquedoteca, enfermaria, vestiários, quadras de esportes e squash, loja, jardim de inverno, sala de sinuca, sauna, sala de tevê, amplos jardins, playground.

 

HORÁRIOS

Clube

Segundas: das 17 às 23h

Terça a quinta: das 7 às 23h

Sextas, sábados e vésperas de feriados: das 7 à meia-noite

Domingos: das 7 às 21h 

Feriados: das 7 às 23h

 

Secretaria

Segunda a sexta: das 8 às 19h

Sábados: das 9 às 15h

Feriados: das 9 às 13h

 

Restaurante Match Point

Quarta e quinta: 16h30 - 23h

Sexta: 16h30 – 00h

Sábado: 11h – 00h

Domingo: 11h – 18h

Normas do restaurante

- Não é permitida a entrada de menores desacompanhados

- Não é permitida a entrada em trajes de banho

O restaurante é de uso exclusivo dos associados:

- Os não sócios devem estar acompanhados por um sócio;

- Os não sócios, quando participando de alguma atividade no clube, deverão pagar as suas despesas à vista.

 

Amapola Bar & Fast Food

Terça – Quinta: 9h – 23h

Sexta: 9h – 00h

Sábado: 9h – 00h

Domingo: 9h – 21h

Segunda: 16h – 21h